O novo concurso PM SP (Polícia Militar do Estado de São Paulo) é destinado a quem possui ensino médio, com iniciais de R$ 3,2 mil.

Foi publicado, nesta sexta-feira, 10 de abril, o edital de abertura de inscrições do novo concurso PM SP (Polícia Militar do Estado de São Paulo) para ingresso no curso de aluno oficial da PM de Barro Branco. A oferta é de 130 vagas, destinadas para candidatos de ambos os sexos. Para concorrer é necessário possuir ensino  médio, idade de 17 a 30 anos e altura mínima de 1,60m para homens e 1,55m para mulheres.  O inicial é de R$ 3.268,33, considerado o inicial de R$ 2.524,46 e o adicional de R$ 743,87. Além disso, durante o curso, com o adicional, as remunerações devem passar, respectivamente, para R$ 3.460,38, R$ 3.796,22 e R$ 4.097,30. O ingresso no curso está previsto para janeiro de 2021.As inscrições poderão ser feitas no período de 15 de abril a 15 de maio.

O candidato poderá possuir tatuagem, exceto em caso de alusão a ideologia extremista contrária às instituições democráticas ou que pregue violência ou criminalidade, discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem, ato libidinoso ou ideia ou ato ofensivo aos direitos humanos

Concurso PM SP: saiba como se inscrever

As inscrições do concurso PM SP para aluno oficial poderão ser feitas somente pela internet, na página eletrônica da banca organizadora, a Fundação Getúlio Vargas (FGV), que é https://fgvprojetos.fgv.br/concursos.

A taxa é de R$ 130 e quem deixar a inscrição para o último dia poderá efetuar o pagamento até o primeiro dia útil posterior.

No ato da inscrição, o candidato deverá optar pela cidade de aplicação das provas objetivas, entre os municípios de Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São Paulo, São José dos Campos e Sorocaba

Concurso PM SP: saiba como serão as provas para aluno oficial

A prova objetiva e dissertativa do concurso PM SP para alunos oficiais está marcada para ocorrer em 12 de julho, às 8 horas,com duração de 4 horas. Ao todo, o processo de seleção será composto de seis etapas, incluindo provas objetivas e dissertativas, exames de aptidão física, exames de saúde, avaliação psicológica, avaliação de conduta social e idoneidade, além de análise de documentos

A parte objetiva contará com 80 questões, sendo 20 sobre ciências humanas e suas tecnologias (6 de história, 4 de filosofia,  4 de sociologia e 6 de geografia), 24 sobre linguagens, códigos e suas tecnologias (18 de língua portuguesa e 6 de língua inglesa ou espanhola),  30 de matemática e ciências da natureza (12 de matemática, 6 de física e 6 de química e  6 de biologia) e 6 de conhecimentos específicos (2 de noções de administração pública e 4 de noções básicas de informática).

A prova dissertativa ocorrerá no mesmo dia da prova objetiva, a partir das 14 horas, com duração de 2 horas. Constará de uma dissertação de língua portuguesa, a partir de texto para argumentação, com domínio de coesão e coerência textual.

Fonte: JC Concursos